11 Lugares Extremos da Terra

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

 

Listamos os lugares mais hostis e extremos do planeta.
1. O lugar mais frio
Estação de Vostok
Estação de Vostok.

Até 2013, a base de operações russa chamada Vostok, na Antártida, com o registro -89,2°C era o lugar mais gelado da Terra. Após três décadas, um grupo de cientistas apresentou um registro de -93,2°C no coração da Antártida que foi feito em 2010. Essa temperatura foi captada por satélites.

2. O lugar mais frio habitado
Oymyakon
Oymyakon. Crédito: Amos Chapple.

Uma vila na Rússia chamada Oymyakon é a mais gelada e já houve registro de temperaturas de -71,°C. Lá o solo fica permanentemente congelado e utilizar transporte é missão quase impossível, já que a gasolina congela a -50°C. Até a tinta da caneta congela!

3. O lugar mais quente
Vale da Morte
Vale da Morte. Crédito: Jasper/ CC2.0

Muitos dizem que o Vale da Morte, na Califórnia, é o lugar mais quente do planeta por ter médias de 57,8°C e ficar numa depressão que dificulta a passagem do ar. Mas a NASA registrou no Deserto Lut, no Irã, a temperatura mais alta registrada na Terra: 71°C! Mais um grau, matava salmonella!

Deserto de Lut
Deserto de Lut visto do espaço. Crédito: NASA.
4. O lugar mais quente habitado
Dallol
Dallol. Crédito: Ji-Elle/ CC3.0

Dallol, na Etiópia, registrou médias de 35°C entre os anos de 1960 e 1966. A partir de 2005, não houve mais registro de população, sendo designada como cidade fantasma. O mês mais quente já teve média de 46,7°C.

5. O lugar mais remoto
Tristão da Cunha
Tristão da Cunha vista por satélite. Crédito: NASA.

Apesar de pertencer ao Reino Unido, essa ilha recebeu o nome do português (ó pá) que a descobriu: Tristão da Cunha. A ilha tem menos de 300 habitantes e existem apenas 8 sobrenomes por lá, o que significa que não tem muita gente para namorar! Nem aeroporto tem. Os habitantes de Tristão comumente sofrem de asma e glaucoma devido a consanguinidade. O lugar mais próximo? Só em mais ou menos 2.000km!

6. A menor ilha
Bishop Rock
Bishop Rock. Crédito: Peter Jordan/ CC2.0

Bishop Rock, no Reino Unido, só tem espaço para um farol. O lugar é de difícil acesso e muitos acidentes aconteceram antes e depois da construção do farol. Hoje, no topo do farol, há um heliponto para facilitar as coisas.

7. O lugar mais profundo
Fossa das Marianas
ROV Deep Discoverer se aproxima de uma nova espécie de polvo a quase 5 mil metros na Fossa das Marianas. Crédito: NOAA, 2016.

Poderia ser uma música emo, mas não. É no Oceano Pacífico que fica esse lugar profundo: as Fossas das Marianas. Para chegar ao seu limite, é como se além de ter escalado o Everest, ter que percorrer ainda mais de um quilômetro! Este lugar que fica entre a Indonésia e o Japão tem 10,994m e, acreditem, mesmo sob pressão de aproximadamente 8 toneladas, há vida no local: camarões, peixes e outras criaturas.

8. O lugar mais abaixo do nível do mar
Mar Morto
Mar Morto. Crédito: tsaiproject/ CC2.0

Além de ser muito salgado, o Mar Morto, que se encontra entre a Jordânia e Israel, está a 422 metros abaixo do nível do mar. O Mar Morto recebe esse nome porque tem uma concentração de sal tão elevada que nenhuma vida se desenvolve por lá. Outra vantagem é que com salinidade só aumentando, você ainda vai poder se sentir Jesus andando sobre as águas!

9. O lugar mais alto

Depende. Depende do ponto de referência.

Monte Everest
Monte Everest. Crédito: Göran Höglund (Kartläsarn)/ CC2.0

Há duas possibilidades. Se considerarmos o nível do mar, o ponto mais alto é o Monte Everest, com 6 382,6 km. No entanto, a Terra não é uma esfera perfeita e há pontos em que ela é mais larga, como na região da Linha do Equador. Considerando a distância do centro do planeta a sua extremidade, que está mais próximo das estrelas e da lua é o Monte Chimborazo, no Equador, com 6. 384,4km!

Monte Chimborazo
Monte Chimborazo. Crédito: Alamy.
10. O lugar que mais venta
Baía de Commonwealth
Baía de Commonwealth. Crédito: Alisdair McDonald

Não, não é Chicago, que é conhecida por Windy City. A Baía de Commonwealth, na Antártida, durante o inverno pode te jogar longe com seus ventos catabáticos durante o inverno que podem atingir 240km/h. A média anual da velocidade dos ventos é de 80km/h.

11. O lugar mais seco do mundo
Vales Secos de McMurdo
Vales Secos de McMurdo. Crédito: David Saul.

Como o próprio no diz, os Vales Secos de McMurdo (Dry Valleys) da Antártida merecem o título que recebem. É uma região que não há gelo e, por causa dos ventos catabáticos que podem atingir 320km/h, a água seca muito rápido, assim como evapora todo o gelo e neve.

Deserto do Atacama
Deserto do Atacama. Crédito: Danielle Pereira/ CC2.0

Um lugar que vale comentar é o Deserto do Atacama, existem lugares lá que não chovem há 400 anos. O Atacama é tão seco que a NASA testou a sonda Mars por lá.

 

Como temos muito ainda a falar, continuamos a lista  AQUI, em Outros 10 Lugares Extremos da Terra!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter