Pirâmide de Yonaguni: A Atlântida Japonesa

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

 

Em meados da década de 1.980, um mergulhador encontrou algumas estruturas enquanto estava 25 metros abaixo do nível do mar na região de Okinawa.  Esse foi o ponta-pé para a curiosidade do que seria essa estrutura geométrica que parecia ser uma pirâmide, ou quem sabe Atlantis! Muitas teorias foram criadas, mas o mistério permanece até os dias de hoje.

Um professor de geologia de Tóquio,Teruaki Ishii, diz que as ruínas submersas teriam aproximadamente 10.000 anos e o local teria submergido no fim da era glacial.

Modelo do Monumento de Yonaguni
Modelo do Monumento de Yonaguni. Crédito: Liangtai Lin/CC 2.0

Ou ainda que seria a ilha submergida de Mu relatada na cultura polinésia. Um indício nesse sentido são alguns artefatos encontrados na região, que seriam similares aos que existem por lá.

Mas há ainda alguns poucos que acreditam que seja uma formação natural, resultado de movimentos tectônicos e outros fenômenos naturais. Por exemplo, Robert Schoch defende que seja por causa da erosão das ondas.

Uma das hipóteses levantadas por Kimura na Universidade Japonesa de Ryukyus seria que uma civilização, bastante desenvolvida para o período, teria sido sugada para o fundo do mar há 2 mil anos durante um terremoto e que o sítio arqueológico teria mais de 5 mil anos.

Pirâmide Yonaguni
Crédito: Vicent Lou/CC 2.0

O Professor Kimura mergulhou durante 15 anos nessa região. Ele acredita realmente que a pirâmide tenha a sido feita por humanos,  sendo essa similar as zigurates feitas na Mesopotâmia. Em resposta a Schoch, Kimura mostrou desenhos esculpidos em formas de animais, dizendo que a natureza não poderia ter feito isso. E ainda recuperou ferramentas possivelmente utilizadas no processo de construção do monumento.

Mais tarde, verificou que esses instrumentos datavam de 10.000 anos, reforçando a hipótese da submersão no período glacial.

Bem, se os japoneses fazem robôs e o Super Mario, por que não pirâmides embaixo da água?!

PS.: Claro que há teorias relacionadas com extraterrestres, mas essas eu nem vou me dar ao trabalho de citar…

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter