15 Pokémons da vida real

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Para quem foi criança na década de 1990, sabe como Pokémon foi uma febre: jogos, desenhos e filmes. Com o lançamento do mais novo, Pokémon Go, até quem não era fã da franquia foi conquistado.

O que você já deve ter percebido é que muitos dos monstrinhos de Pokémon são parecidos com animais que temos na vida real, como Zubat (morcego) e Meowth (gato). Mas mesmo os mais estranhos tem alguma referência no mundo real, até um saco de lixo.

1.Pikachu
Pikachu
Pikachu e Pika. Crédito: NPS/Ann Schonlau.

Existe um animal chamado Ochotana. É um mamífero que vive na Ásia, América do Norte e no Leste Europeu, principalmente em montanhas. O curioso é que a ochotona também é conhecida por outro nome: Pika!

2. Poliwag
Poliwag
Poliwag e Girinos Transparentes.

O Poliwag foi baseado em um girino! Se você notar até mesmo sua evolução é um animal escorregadio, tem a pele como de um sapo. A aparência de “alvo” na barriga seria o estômago que algumas espécies de girino apresentam.

3. Caterpie
Caterpie
Caterpie e o Papilio glaucus.

Já deu para notar é uma lagarta, mas existe uma é idêntica ao Caterpie, com anteninha e tudo! A lagarta da Cerura vinula podem ser encontradas na Europa, Norte da África e Ásia.

4. Magikarp
Magikarp
Magicarp e Sebastes ruberrimus. Crédito: NOAA.

Sabemos, ele é inútil, atrapalhado, mas juntando 400 candies pode virar um Giarados. O Magikarp é espelhado no peixe pedra amarelo, conhecido também por Sebastes ruberrimus.

Esse peixe pedra pode ser encontrado no Oeste do Pacífico.

5. Vileplume
Vileplume
Vileplume e Rafflesia arnoldi. Crédito: Rendra Regen Rais/ CC3.0

A última evolução do Oddish, o Vileplume, é inspirado em uma planta típica de Sumatra, na Indonésia: Rafflesia arnoldii. Essa planta é conhecida por produzir a maior flor do mundo e também pelo cheiro de carne podre que exala para atrair moscas que fazem sua polinização.

6. Victreebel
Victreebell
Victreebel e Nepente. Crédito: William Warby/ CC2.0

É uma planta carnívora da família Nepenthaceae. As nepentes ou plantas-jarro são capaz de se alimentar de ratos e sapos, não apenas de pequenos insetos que caem em “bolsa”.

7. Sandslash
Sandslash
Sandslash e Pangolim. Crédito: APWG.

É um pangolim. Parentes distantes do nosso tatu, possuem escamas por todo o corpo. Você pode encontrá-los se enrolando pela África e Ásia, apesar que a população do animalzinho está vulnerável.

8. Mew
Mew
Mew e Gato da Raça Sphynx. Crédito: Paradais Sphynx/CC 3.0

O lendário Pokémon parece muito com os gatos da raça Shpinx, aquele gatinho sem pelos. De tão feio é lindo, né?! O gatinho canadense não é fruto de mistura, a falta de pelos foi espontânea por questões genéticas.

9. Drowzee
Drowzee e Tapir Malaio
Drowzee e Tapir Malaio.

Esse Pokémon, que parece um pouco com a nossa anta, é praticamente idêntico ao tapir malaio. É um mamífero que está ameaçado, apesar de servir como presa de leopardos e tigres, sua pele é muito dura, sendo de difícil caça. Mais uma vez, o homem é quem coloca o animal em mais risco.

10. Mankey
mankey
Mankey e Macaco-japonês. Crédito: Fg2.

O macaco-japonês é branco e de cara/nariz vermelho assim como o Pokémon. Vivem em florestas de altitude e corre sério risco de extinção..

11. Charmander
Charmander
Charmander e Salamandra vermelha. Crédito: Athene cunicularia/ CC3.0

Ele é baseado em uma salamandra, lembrando bastante a Pseudotriton ruber que pode ser vermelha ou alaranjada. Típica dos EUA, vive em florestas temperadas. Mas calma, ela não solta fogo!

12.Persian
persian
Persian e Gato Siamês. Crédito: Karin Langner-Bahmann/ CC3.0.

Apesar do nome, o Persian é baseado em um gato siamês! Você provavelmente já deve ter visto esse gatinho oriental na casa de um amigo ou de uma tia.

13. Pidgey
Pidgey
Pidgey e Bombycilla cedrorum. Crédito: Cephas/ CC3.0, CC2.5, CC2.0, CC1.0

Talvez você já não aguente mais pegar tanto Pidgey que já está quase igual ao Zubat. Mas o seu similar na vida real, o Picoteiro-americano, não é essa pomba toda. Esse pássaro vive no norte dos EUA e no Canadá e, no inverno, migra para o Sul dos EUA, América Central e Norte da América do Sul.

14. Beedrill
Beedrill
Beedrill e Vespa Mandarina. Crédito: Yasunori Koide/ CC4.0, CC3.0, CC2.5, CC2.0, CC1.0

Na vida real, lembra a vespa mandarina. De origem asiática, é a maior vespa do mundo! No Japão, chamam de abelha-do-pardal fazendo alusão ao seu tamanho. Eu que não gostaria de cruzar com uma dessas!!

15. Trubbish
Trubbish
Trubbish e Saco de Lixo.

É nada mais, nada menos que um saco de lixo. Esse você não vai encontrar no Pokémon Go, mas sempre estará perto de você, seja quando sua mãe chamar para colocá-lo na rua ou, se você mora sozinho, quando a necessidade chamar!

Pena que esse não é da primeira geração e você não vai conseguir caçar com seu Pokémon Go agora, mas quem sabe em uma próxima atualização?!

Bônus:

Alguns pokémons têm origens pré-histórica, como o Kabuto e o Omanyte.

Kabuto
Kabuto e Límulo. Crédito: Perry Bill, U.S. Fish and Wildlife Service.

O Kabuto foi inspirado em animal que anda pela Terra há 400 milhões de anos: o límulo (Limulus polyphemus).

Omanyte
Omanyte e Amonite. Crédito: NobuTamura/ CC3.0.

Enquanto que a inspiração do Omanyte não teve a mesma sorte de continuar na Terra. Os amonóides eram do grupo que hoje pertence as lulas. Os amonites foram extintos no mesmo período que os dinossauros. Um outro cefalópode parecido com o Omanyte e sua evolução (Omastar) são os nautilóides, que são do mesmo período e ainda resta uma espécie viva no sudoeste do Pacífico.

Para matar a curiosidade, o náutilo:

Náutilo
Náutilo. Crédito: ©Hans Hillewaert/ CC4.0
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter